Notícias Argentina: exportações de blueberries indo para o mercado dos Estados Unidos

Na última semana, um total de 1.239 toneladas de blueberries argentinos chegaram a diferentes mercados em todo o mundo. Outras 98 toneladas foram exportadas pelo mar, então é esperado que esses volumes cheguem na primeira semana de janeiro – segundo a publicação semanal do Comitê de Blueberry da Argentina (ABC).

Desse total, a maioria é exportado para o mercado dos Estados Unidos, com 1.033 toneladas, o que representa 83%. O restante é recebido pela Europa (7%) e Reino Unido (3%).

Enquanto o Chile está começando seu volume de pico da temporada, a Argentina está decrescendo seus volumes de exportação aos poucos. Conforme mostra o gráfico abaixo, houve uma recuperação nas exportações durante a semana 49 e 50 no total das chegadas semanais. Entretanto, especialmente nos mercado dos Estados Unidos, é esperado que caia rapidamente nas próximas duas semanas.

 

ABC contra o trabalho infantil

O Comitê foi reconhecido pela Rede de Empresas Contra o Trabalho Infantil por sua ativa participação e desenvolvimento de ações nesse assunto durante esse ano, compartilha com orgulho o ABC. O Comitê manifesta todo seu apoio ao Plano Nacional para a Prevenção e Erradicação do Trabalho Adolescente 2018-2022.

Trata-se de um objetivo de todos os membros do setor e cada vez mais mais empresas se unem a Rede. Este ano foi muito positivo, houve a inauguração do Primeiro Centro de Cuidados Infantis para filhos das pessoas que trabalham na colheita na comunidade de Sargento Moya, Província de Tucumán. Carla Ginobili, que esteve presente na cerimônia representando o ABC, expressou: “Esperamos que ano que vem possamos replicar esta ação e poder inaugurar mais centros no país para seguir aprofundando esta iniciativa que é fundamental para fortalecer os direitos de quem trabalha na colheita e de seus filhos”.

Fonte: Fresh Plaza


Categoria:

Argentina

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.