Notícias Blueberries em gráficos

Por Colin Fain, da Agronometrics

O mercado de blueberries nos Estados Unidos se caracteriza por grandes mudanças nos preços impulsionados pelo volume de fruta que chega para satisfazer a demanda dos clientes. O gráfico abaixo mostra a relação entre o preço e o volume. Olhando até o final, podemos ver que os preços dos blueberries estão subindo constantemente durante as últimas nove semanas, culminando no preço mais alto que vimos nesse ano até agora. Em conjunto, tem havido uma caída constante nos volumes, que em sua maioria não teve interrupções até que chegaram os embarque da semana passada do Peru.

Volumes e Preços de Blueberries convencionais dos EUA

Então, a medida que tudo isso ocorre, é importante ter em mente a informação histórica que precede os movimentos atuais. Curiosamente, os preços que estamos vendo agora estão quase que perfeitamente alinhados com os do ano passado, que caíram abruptamente na semana 41. Então, o que esperar neste ano? Vale a pena mencionar que os níveis de preços atuais não são de maneira nenhuma um teto. Olhando para 2015, podemos ver que o mercado tem muito mais para percorrer.

Preços históricos semanais por libra nos EUA de blueberry no ponto de envio

Quando tentamos entender o mercado, geralmente nossa melhor fonte de informação são os dados históricos. Ao observar os movimentos desse ano, podemos notar que os volumes estão surpreendentemente similares aos de 2015.

Então, podemos esperar que os preços subam também a $ 8.23/libra nesse ano? Minha resposta imediata é que é muito pouco provável, mas como diria qualquer bom analista, depende. Como um guia sobre como o mercado pode reagir no futuro, observaria a brecha nos volumes entre 2015 e 2017 para ajudar a explicar a diferença nos preços entre esses anos.

Movimentos históricos semanais de blueberries nos EUA

Ano passado, a Argentina e o Peru juntaram forças para produzir os volumes mais altos reportados no mercado, mas com os atrasos que é esperado na Argentina esse ano, o Peru poderá ter o mercado sozinho nas próximas semanas.

A história toda não pode ser contada sem olhar para as exportações do Peru aos EUA. Até o momento, estão bem alinhados com o ano passado, e se for o caso, creio que os preços vão continuar aumentando durante as próximas semanas. Mas se os volumes triplicarem repentinamente, os preços provavelmente ficarão estagnados. No curto a médio prazo, será importante vigiar o aumento esperado de 60% das exportações no Peru. Na Argentina também é esperado maiores volumes, e os preços poderão cair para abaixo dos últimos anos, já que as temporadas peruana, argentina e chilena começam a se sobrepor.

Volumes de blueberries do Peru nos EUA

Fonte: Portal Frutícola


Categoria:

Internacional

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.