Notícias Chile: pesquisadores investigam ozônio para reduzir a contaminação em berries

Esta iniciativa da Universidade de Talca, inclui entre seus objetivos a criação de sistemas de produção mais amigáveis ​​ao meio ambiente, melhorando, ao mesmo tempo, a qualidade da fruta.

O projeto de inovação é baseado na premissa de que a incorporação do ozônio pode melhorar os processos de produção das berries, devido a sua ação, já conhecida, de descontaminação. Ele será dirigido pela Faculdade de Engenharia da Universidade de Talca (UTALCA) em conjunto com o Instituto de Química da UTALCA e será liderado pelo Professor Diógenes Hernández.

O acadêmico desenvolverá um sistema inteligente que trabalha com energia fotovoltaica e que gerará ozônio, que posteriormente será injetado na água irrigada e nos solos das plantações de berries, permitindo assim a redução dos contaminantes biológicos existentes.

“É uma oportunidade para obter uma solução para os problemas atuais que ocorrem no cultivo das berries. Esperamos ter um impacto positivo que ajude produtores a abordar a agricultura sustentável, por exemplo, evitando o uso de compostos químicos convencionais e aumentando a quantidade de frutas colhidas, entre outras coisas”, disse o diretor do projeto.

A iniciativa – que conta com o apoio do Governo Regional de Maule através do Fundo de Inovação para a Competitividade (FIC-R) – é denominada “Uso de ozônio para o tratamento de águas de irrigação e de solos em berries”, e passará a ser realizada este ano.

O professor Hernández disse que, entre outros benefícios, espera-se que os consumidores finais obtenham um alimento de melhor qualidade e livre de pesticidas, já que a técnica usada reduzirá ou eliminará o uso desses produtos químicos. “Há um valor agregado ao meio ambiente, devido ao uso de tecnologias renováveis ​​para o tratamento de microrganismos, a redução de agroquímicos em plantas e água, o que pode significar uma melhoria na estrutura morfológica da planta, facilitando assim uma melhor absorção de minerais e uma interação otimizada entre a planta e o solo”, disse ele.

Fonte: Fresh Plaza / SimFRUIT


Categorias:

Internacional | Novidades

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.