Notícias EUA: ano incomum para os produtores de blueberries

Tem sido um ano de montanha-russa para os produtores de blueberries nos Estados Unidos. As condições climáticas foi um dos grandes culpados em diferentes regiões em termos de rendimento, com algumas áreas com volumes inferiores do esperado, enquanto que outros estão estimando uma melhor temporada.

Geadas no sudeste

Tudo começou em Fevereiro e Março, quando estados do sudeste, como Carolina do Norte, Geórgia e Flórida enfrentaram geadas fortes. Isso resultou em perdas significativas para a safra, particularmente para a variedade Rabbiteye. E isso levou ao aumento do preço no mercado e os produtores do Noroeste do Pacífico viram uma grande demanda por seus blueberries, já que os consumidores estavam sem os produtos vindos do sudeste.

A escassez afeta a demanda no noroeste do Pacífico

Os agricultores do noroeste do Pacífico estavam se preparando para um grande ano quando as condições da primavera trouxeram situações diversas para os produtores da região. Michael McMillan, da Bridges Organic Produce, em Portland, Oregon, explicou suas observações para o mercado de blueberry orgânico. “Tem sido um ano bem incomum. Começamos com as geadas na Geórgia e Flórida. Depois no final da temporada da Califórnia, os preços começaram a aumentar pois a demanda pelas frutas saltou”. Ele continua, “Devido a enorme escassez de abastecimento do sudeste, os consumidores não conseguiram preencher seus estoques e consequentemente procuraram a região do noroeste do pacífico para reabaster”.

Condições climáticas frias e úmidas atrasam o amadurecimento da Duke

McMillan apontou que o noroeste do Pacífico estava esperando um ano abundante até que clima de novo não atendeu as expectativas. “Muito do que nós produzimos é da variedade Duke, que é uma fruta precoce. Problemas de polinização pode ter sido um fator, e a primavera gelada e úmida que tivemos não ajudou. Como resultado, a fruta amadureceu bem devagar e a safra produziu frutas de tamanhos menores e abaixo do peso”. McMillan disse que as estimativas estavam com rendimento mais alto do que aconteceu. “Estamos abaixo em 20-25% do que foi previsto no início da temporada”.

Paul Norris, da Norris Blueberry Farm perto de Roseburg, Oregon teve problemas similares. “Tivemos uma primavera fria e úmida. A safra da Duke está 30% menor este ano”, afirmou Norris.

Condições favoráveis para os produtores de Washington

Não é só notícias ruins para os produtores de noroeste do Pacífico. A Rainier Fruit Company, que tem sua base no Vale Yakima, no centro de Washington estão vendo um ano melhor do que ano passado. “O tempo frio ajudou a promover uma planta com vigor, e produziu uma safra muito boa de berries crocantes”, disse Blake Belknap, da Rainier. “Creio que nosso volume vai aumentar 10% comparado com ano passado”.

Fonte: Fresh Plaza / Dennis Rettke


Categoria:

Internacional

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.