Notícias Peru: 4o maior fornecedor de blueberries do mundo

Nos últimos anos, os blueberries se posicionaram como a segunda variedade de berries mais importantes no mercado dos EUA; e o Peru ficou entre os quatro maiores fornecedores desse produto, disse a Secretaria Comercial (Ocex) do Peru em Los Angeles.

O posicionamento dos blueberries como a segunda maior variedade de berry consumida nos Estados Unidos está refletida no aumento significativo de consumo per capita, que foi de 117g em 2000 para quase 536g em 2016, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Além disso, o nível de vendas de blueberries no varejo totalizou US$ 1,77 bilhão em 2017, o que significa um crescimento de 8,4%.

Os Estados Unidos continuam sendo o principal produtor de blueberries do mundo, mas sua produção não atende a demanda interna. Como resultado, tornou-se o maior importador da fruta, concentrando mais de 60% das importações mundiais, com US$ 893 milhões em 2017, segundo o Departamento de Comércio dos EUA.

Relevância

Este produto é relevante para o Peru porque é considerado um superalimento. O posicionamento que este produto conquistou entre os operadores e líderes do setor no mercado norte-americano é evidente, já que as exportações para este país passaram de US$ 6,9 milhões em 2013 para US$ 160,4 milhões em 2017, ou seja, um aumento expressivo de 2.214%.

O Peru tem uma participação de 18% no mercado dos Estados Unidos e concorre com outros países fornecedores como Chile, que tem 31% de participação, México com 25% e Canadá com 18%.

Para garantir o dinamismo alcançado por suas exportações, é necessário atentar para a demanda e a dinâmica de preferências dos consumidores para entender onde estariam as oportunidades comerciais para os blueberries peruanos e fortalecer o posicionamento e crescimento alcançados até o momento.

61% dos blueberries comprados nos Estados Unidos são do tipo convencional, 24% são convencional e orgânico e 11% são orgânicos.

Apresentação

A apresentação do produto é outro ponto para se ter em conta, porque influencia os preços. O produto fresco tem um preço mais alto e representa 62% de todos os blueberries consumidos.

Entretanto, o produto processado geralmente não alcança um preço alto em comparação ao produto fresco, mas ele desempenha um papel importante na demanda total.

Estratégia

As projeções de diferentes especialistas indicam que a demanda por blueberries continuará crescendo, o que torna necessário que o Peru tenha uma estratégia muito precisa para que seu suprimento continue sendo bem-sucedido e sustentável.

Fonte: gestion.pe / Fresh Plaza


Categoria:

Internacional

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.