Notícias Peru: as exportações deve crescer cerca de 12% anual até 2021

As exportações peruanas de blueberry deve apresentar um crescimento contínuo superior a 12% nos próximos anos, devido a uma maior demanda de seus principais mercados e de um maior rendimento de produção por área plantada, estimou a Câmara de Comércio de Lima (CCL).

“É seguro que nossos principais mercados como Estados Unidos, Hong Kong, a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA) e a União Europeia demandem mais deste produto nos próximos anos”, comentou Carlos Posada, diretor executivo da CCL.

“Os blueberries peruanos são reconhecidos no exterior como saudáveis, situação que será aproveitada por nossos exportadores que já contam com produção suficiente para levar a um aumento da demanda”, agregou.

Ele também comentou que o principal mercado de destino deste produto são os Estados Unidos, que representou 54% das exportações peruanas de blueberries em 2016, apesar dos complicados requisitos fitossanitários que se deve cumprir ao enviar para este mercado.

“Os principais meses para exportação de blueberries peruanos são setembro, outubro, novembro e dezembro. Além disso, é possível observar que o preço médio do kg é mais elevado durante esses meses”, relata Posada.

Nos últimos anos as exportações da fruta registraram um alto nível de crescimento. “Em 2014, os envios de blueberry somaram apenas 30 milhões de dólares, já em 2016 os valor exportado atingiu 242 milhões, que representa um crescimento médio anual de 186%”, destacou.

Fonte: Fresh Plaza / Andina.com.pe


Categoria:

Internacional

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.