Notícias Peru: termina o ano com números recordes

Os blueberries vêm ganhando terreno nas exportações peruanas nos últimos anos. Rodrigo Manzo, gerente da unidade de negócios de blueberries da Camposol, disse que espera terminar o ano com 15.000 toneladas plantadas, dos quais 12.000 serão exportadas (quase 30% da indústria).

“Em termos gerais, 55% de nossas exportações são destinadas aos Estados Unidos, 40% a Europa e os 5% restantes para outros destinos (Ásia e América Latina). A maioria de nossas vendas vão para o varejo”, conta o gerente. Um importador potencial para o setor é a China, devido a sua recente abertura para os blueberries.

As condições sanitárias dos importadores são muito similares a de outros países exportadores como Chile e Argentina. “Por exemplo, levamos o produto para a Europa sem nenhum tipo de tratamento”, confirma Manzo.

“Nossos blueberries vão para os EUA com tratamento a frio ou são fumigados no destino, enquanto que as exportações para Argentina e Chile devem ser fumigadas aqui”, afirma.

Apesar da demanda nacional ainda ser pequena, tem uma taxa de crescimento alta. 60% é comercializado através de atacadistas, mas os supermercados vem ganhando importância e representam aproximadamente 25% do mercado nacional.

O blueberry pode ser produzido durante todo o ano no Peru. “Entretanto, através de manejos agronômicos, concentramos a produção para a janela comercial mais atrativa, que vai desde o término da colheita do hemisfério norte até o seu começo, isto é, desde agosto até fevereiro, com pico entre setembro e outubro”, explica o gerente.

O crescimento deste negócio aumentaria significativamente o número de famílias com trabalho e o nível de renda. “O Estado e o setor privado deveriam investir tempo e dinheiro conjuntamente para avançar de maneira rápida e sólida, assim como nossos principais competidores o fizeram”, adicionou.

Fonte: Fresh Plaza


Categoria:

Internacional

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.