Notícias Pokemon Go, luz verde para os supermercados

(Por Tom Karst)

Numa tarde recente, minha esposa e eu andamos cerca de 11 km de bicicleta até um lugar chamado Deanna Rose Farmstead em Johnson County, Kansas – um lugar com ovelhas, carneiros e gado diverso. É um ótimo passeio para pais e crianças no subúrbio.

A fazenda estava fechada no domingo a tarde, mas enquanto descansávamos brevemente por lá e nos preparávamos para voltar pra casa, notamos que cerca de três ou quatro grupos de adolescentes estavam andando com seus smartphones e olhando para eles como se estivessem mandando uma mensagem ou jogando.

Eu chutaria que eles estavam jogando Pokemon Go, um jogo que meu sobrinho e seus amigos estavam jogando na igreja esta manhã. Pesquisei no Google o jogo quando cheguei em casa, e descobri que foi lançado somente cerca de uma semana e meia atrás e imediatamente alcançou o topo nas lojas de aplicativo do iPhone e Android.

Minha curiosidade aguçou, e baixei o jogo essa semana e descobri que meu velho cérebro de 57 anos foi superado. Eu até consegui capturar alguns Pokemon, mas sou terrível no jogo. E ninguém quer ver um velho homem jogando neste playground digital. A curta vida de diversão acabou para mim.

Mas os supermercadistas estão de olho no poder de permanência do jogo.

Uma reportagem do TechCrunch afirma que o Pokemon Go rapidamente se tornou uma dos aplicativos para celular mais virais de todos os tempos, alcançando 21 milhões de usuários nos EUA em 11 de julho.

De acordo com a reportagem, Pokemon Go alcança o topo com os usuários do Twitter diariamente e as pessoas estão gastando mais tempo no app do que no Facebook. Cerca de 6% da população usuária de Android nos EUA estão no app diariamente.

Mas como este jogo poderia ser usado para conseguir compradores e jovens no departamento de frutas e verduras frescas?

Um golpe de gênio – conseguir que as crianças vá até sua loja para encontrar os personagens do Pokemon e conseguir tesouro digital.

Na minha caixa de email em 14 de Julho, uma mensagem do representante de relações públicas da loja The Beef Jerky Outlet informou o que eles estão fazendo para capitalizar a mania.

“The Beed Jerky Outlet quer recompensar os jogadores regulares do jogo e para isso, até segunda-feira, 18 de Julho, qualquer cliente que provar que alcançou o nível 5 no Pokemon Go vai ganhar 10% de desconto nas compras no Beef Jerky Outlet”, diz o email.

Cumprimentos para a rápida jogada dos marqueteiros do The Beef Jerkey Outlet. Estou curioso para ver a reação do mercado, já que 10% parece ser modesto. Mas não há dúvida que promoções similares serão vistos nos outros supermercados. A chave é fazer a oferta atrativa o suficiente para gerar a ação.

Enquanto que é impossível prever a “validade” do Pokemon Go, há chance de desenvolver uma linha de produção da marca Pokemon, onde nas embalagens das compras se consiga pontos extras no jogo?

Pokemon Go está transformando o comportamento dos adolescente em meros dias. Como a indústria pode pegar emprestado o conceito para o bem maior?

Por que não podemos fazer com que as crianças encontrem frutas e vegetais – tanto nas versões reais e digitais – e depois recompensá-las com alimentos frescos com direito a se gabar com seus amigos?

Falando em motivação para compras de alimentos frescos, pesquisadores da Inglaterra e Austrália dizem que há benefícios psicológicos de longo prazo em se comer frutas e vegetais.

O estudo, uma colaboração entre os pesquisadores da Universidade de Warwick na Inglaterra e da Universidade de Queensland na Austrália, disseram que o aumento no consumo de frutas e vegetais era “previsível” no aumento da felicidade, satisfação e bem estar.

Os pesquisadores disseram que a quantidade de felicidade derivada de 8 porções por dia de frutas e verduras era igual ao tamanho do ganho psicológico de se passar de desempregado para empregado.

Os pesquisadores dizem que comer frutas e vegetais nos faz sentir melhor mais rápido do que nos faz fisicamente mais saudáveis.

A melhor jogada de marketing para a indústria, me parece, seria jogar o coeficiente de felicidade sobre a saúde quando se trata de atrair consumidores a comer mais produtos frescos.

Sim, todas essas coisas que dissemos sobre diminuir a obesidade e diabetes tipo 2 ainda se aplicam, mas o fato é que você, Sr. e Sra. Consumidor, podem ser mais felizes com um pouco mais de frutas e verduras todos os dias.

Para colocar um ponto final nisso, a próxima questão será quais frutas e verduras podem elevar o humor mais rápido. Os blueberries irão cruzar caminhos com as tangerinas e o brócolis irá se gabar com a couve. Vamos deixar essa disputa em segundo plano no momento.

Vamos lá, todo mundo, vamos ser felizes.

Fonte: The Packer


Categorias:

Curiosidades | Saúde

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.