Notícias Blueberry: eleito a grande tendência para 2020

A empresa de aromas Firmenich definiu o “Clássico Blueberry” como o sabor do ano para 2020.

Devido a associação da fruta com o bem-estar e o seu papel em alavancar novas opções para as industrias de alimentos e bebidas em todo o mundo, Emmanuel Butstraen, Presidente da Firmenich, afirma “O clássico é o novo de agora”.

“Com o blueberry, nós celebramos um sabor atemporal e duradouro, mas cada vez mais relevante”.

O anuncio da Firmenich veio já que a cor está nos holofotes.
Semana passada, a Pantone listou o Azul Clássico como a cor do ano de 2020, alinhado com a tendência crescente da indústria por tons de azul vibrante e celeste nas aplicações em A&B.

A GNT Group também apontou que “tons de água” serão as cores tendência para 2020. Tons de azul e verde vívidos em alimentos devem impulsionar a inovação já que os consumidores buscam produtos que os “reconectem com a natureza”, observou a empresa.

De acordo com Butstraen, o blueberry tem sido um “sabor amado há séculos em muitos mercados e hoje está sendo redescoberto e crescendo para ser um dos sabores mais relevantes em muitas categorias”.

Segundo o Vice-Presidente Global de Insights Sensoriais e de Consumo da Firmenich, Jeffrey Schmoyer, “o blueberry tem um sabor fantástico. Ele é reconhecido por suas notas florais e tangencia distinta, além de trazer elementos de verde doce fresco de maneira geral. Apresenta também toque cítrico, de baunilha e especiarias, dando uma complexidade que acentua e combina com muitos sabores”, continua. “Além das harmonizações clássicas com outras frutas, há também combinações menos óbvias, como o chá preto ou o pimentão habanero, que podem ser exploradas”.

Na indústria de hoje, os consumidores são confrontados com mais e mais escolhas, já que a era digital conecta todos e tudo. E o foco crescente na sustentabilidade e bem estar tem levado a um grande fluxo de novos produtos de A&B no mercado, observa Schmoyer. “Isso cria uma tremenda empolgação em torno da descoberta do novo, mas também aumenta os níveis de ansiedade”, continua. “A incerteza do que esperar leva a sabores clássico como o blueberry, que traz conforto e familiaridade em meio a essas infinitas opções. O blueberry está associado com a felicidade e emoções positivas, permitindo que as pessoas entendam a experiência de comer mesmo antes da primeira garfada”.

Pequeno mas poderoso

O interesse dos consumidores pelos blueberries surgiu em parte com a forte conexão com o bem estar. Num estudo recente da Firmenich sobre as “super frutas”, revelou que as “berries foram o alimento mais mencionado, e o blueberry foi a berry número 1.

“Como os consumidores estão sendo introduzidos a uma infinidade de opções, sabores mais tradicionais como o blueberry estão sendo usados para ajudar a vivenciar essas novas tendências”, explica Mikel Cirkus, Diretor de Criatividade Global na Firmenich.

“Essa escolha de sabor mais tradicional como nosso “sabor do ano” na verdade representa uma mudança mais significativa na indústria alimentícia em direção a um design mais intencional e emocional”, afirma Schmoyer. “Os consumidores estão mais inclinados a experimentar algo que não estão familiarizados, como o kombucha ou iogurte de castanha, se estiverem saborizados de uma maneira que os conectem em um nível emocional. Vemos o blueberry desempenhando um papel importante nos próximos anos, ajudando os desenvolvedores de produtos introduzirem novos conceitos alimentícios em todo o mundo”, adiciona.

Lácteos, produtos de panificação e snacks são as categorias mais frequentes de produtos que usam o blueberry. A fruta também é bastante usada em produtos de confeitaria, gomas e sobremesas, explica Schmoyer. Entretanto, em termo de taxa de crescimento, há um mercado emergente nos snacks, especialmente os saudáveis e os alimentos para bebês”. Há também uma aceleração significativa no crescimento em aplicações em bebidas, particularmente nos drinks especiais, nos energéticos e nos alcoólicos aromatizados”, adiciona.

No mundo da culinária, foi-se o tempo que as berries foram relegadas ao papel de decoração em saladas e molhos. Hoje, os blueberries também são encontrados em inúmeros itens salgados, como pizzas e pratos de carne. “Os blueberries podem até mesmo ser usados em noodles como uma boa fonte de vitamina C e também por sua cor”, diz Oana Ocico, Vice-Presidente Global de Negócios Salgados da Firmenich.

O tradicional é agora tendência

A previsão pelas tendências está frequentemente associada à descoberta do que está por vir, lançando luz sobre ideias que ainda precisam ser incorporadas ao convencional. No entanto, como uma nova década se inicia, a Firmenich está confortável fazer suas apostas em algo clássico.

De acordo com análises internas e trabalhos de empresas parceiras de informações, a Firmenich nota que há em torno de 2.000 novos produtos lançados usando blueberries em todo mundo. A popularidade da fruta varia de acordo com a região, com a América do Norte na liderança com demanda e porcentagem de uso nas inovações. Porém, o blueberry está crescendo rapidamente em outras áreas, especialmente na América Latina, no Oriente Médio e Norte da África e Ásia.

“Nossa pesquisa com associação de cor e emoção mostra que tons mais escuros de azul são associados com sentimentos positivos, mas com nuances dependendo da região em que se vive”, explica Schmoyer. Em países da América do Norte e Europa, o azul escuro traz a sensação de conforto; já na América Latina, no Oriente Médio e na África, está mais associado com felicidade; e na Ásia, os consumidores acham que o azul mais escuro evocam fortes sentimentos de revitalização”, conclui Schmoyer.

Fonte: Food Ingredient First


Categoria:

Novidades

Exibir comentários +

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Os campos obrigatórios são identificados.
Todos os comentários do site são moderados previamente. Se o seu comentário ainda não foi publicado, por favor, aguarde.